Usuários do Promebo se destacam em prova de eficiência alimentar da Brangus

O resultado da segunda prova Top Brangus realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) teve destaque de dois criadores sócios da Associação Nacional de Criadores Herd-Book Collares (ANC) e usuários do Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo). O pecuarista Fernando Barros Waihrich, da JMT Agropecuária, de São Gabriel (RS), ficou em primeiro lugar no ranking de avaliação. Já o criador Antônio Carlos Corrêa Osório, da propriedade Paipasso, de Quaraí (RS), classificou-se na terceira colocação. A prova, que avaliou 22 touros de 14 propriedades gaúchas, teve seus resultados divulgados nesta terça-feira (12/01).

O teste de eficiência alimentar busca avaliar o ganho de peso, as carcaças e o perímetro escrotal dos animais. Ao final, é gerado um índice (Top Brangus) com as avaliações de todas as medidas coletadas. Os números auxiliam a ranquear os exemplares com características mais produtivas e equilibradas para o mercado. Para a superintendente de Registro da ANC, Silvia Freitas, os animais avaliados pelo Promebo vêm demonstrando bons resultados em provas semelhantes à da Brangus. “São esses resultados positivos que provam a força do programa no melhoramento genético dos bovinos”, afirma.

Confira a classificação completa:

1º G095 - JMT Agropecuária, São Gabriel (RS)

2º 9902 – UFRGS, Eldorado do Sul (RS)

3º G07 – Paipasso, Quaraí (RS)

4º 8332 – São Xavier, Tupanciretã (RS)

5º U801 – GAP, Uruguaiana (RS)

Com informações da Associação Brasileira de Brangus
Crédito da foto: Antônio Carlos Corrêa Osório

Voltar