03/01/2018 - Nota de Repúdio

Pelotas, 03/01/2018.

 

Associação Nacional de Criadores “Herd-Book Collares” apoia repúdio à proposta da segunda sem carne no Estado de São Paulo

 

A Associação Nacional de Criadores “Herd-Book Collares” (ANC), vem por meio desta, manifestar repúdio ao Projeto de Lei 87/2016, de autoridade do deputado estadual Feliciano Filho (PSC-SP) aprovado no dia 27 de dezembro em sessão extraordinária da Assembleia Legislativa de São Paulo. Caso sancionado, pelo governador Geraldo Alckmin, fica proibido o fornecimento de carnes e derivados às segundas-feiras em escolas da rede pública, além de bares, restaurantes e refeitórios de órgãos públicos estaduais.

A referida proposta tem por objetivo chamar atenção para os possíveis “efeitos negativos” da produção de carne sobre o meio ambiente e a relação do seu consumo com doenças coronárias, cardiovasculares e câncer. A ANC entretanto questiona tais argumentos, uma vez que, todos eles, por ideologia ou sensacionalismo, trazem informações errôneas sobre a produção e consumo de carnes e têm sido conduzidas de forma distorcida e sem o devido respaldo científico.

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa, já conduziu diversos estudos avaliando a qualidade da carne proveniente de diferentes espécies e seus efeitos sobre a saúde humana. Em resumo, seus resultados demostram que a restrição total do seu consumo é muito mais prejudicial à saúde humana do que seu consumo moderado. O que de fato é prejudicial à saúde, no sentido de doenças coronárias e cardiovasculares, é o consumo excessivo de gorduras, porém, neste caso, tanto de origem animal como vegetal. Entretanto, quando consumida de modo controlado, a gordura além de conferir sabor aos alimentos, também desempenha papel importante no transporte e absorção das vitaminas lipossolúveis A, D, E e K, pelo organismo. Além disso, a carne possui proteínas de alta qualidade e nutrientes fundamentais como ferro, zinco, magnésio e fósforo.

A outra justificativa que relaciona a atividade pecuária com problemas ambientais também já foi cientificamente desmistificada, principalmente se tratando da produção bovina brasileira que tem como base alimentar o pasto. Estudos revelam que, nessa realidade, as emissões de gases de efeito estufa (GEE) pelos ruminantes, são menores se comparadas ao carbono que é ‘sequestrado' pelas pastagens.

Desta forma, não havendo sequer respaldo científico que justifique tal proposta do governo do Estado São Paulo, confrontando até mesmo a Constituição Brasileira – o que aliás, vem se tornando prática dos governos deste país - violando não apenas o livre mercado, mas também o direito de escolha dos alimentos pela população, a ANC manifesta total repúdio a esta iniciativa por entender que se baseia em fundamentos ideológicos e demagogos, que podem trazer graves consequências econômicas para o país que possui o maior rebanho bovino comercial do mundo.

 

 

Associação Nacional de Criadores “Herd-Book Collares

Voltar



 

Site desenvolvido por: